Piauí Terra Querida

Animação feita em flash

 
Segunda, 28 de setembro de 2020
Tamanho da Letra
RSS
 
Personalidades homenageadas por serviços prestados ao Piauí
20/10/2007 07:59
por Tom Lima
Foto: André Leão
Solenidade de entrega da Comenda Mérito Renascença
Solenidade de entrega da Comenda Mérito Renascença

Em agradecimento por relevantes serviços prestados ao Piauí, o Governo do Estado homenageou, na noite de sexta-feira, Dia do Piauí, 42 personalidades, dentre elas os governadores da Bahia, Jacques Wagner; do Ceará, Cid Ferreira Gomes; e do Tocantins, Marcelo de Carvalho Miranda, com a comenda Ordem Estadual do Mérito Renascença.

A solenidade alusiva ao 185º aniversário da adesão do Piauí à Independência do Brasil foi realizada no jardim do Palácio de Karnak, com a presença dos homenageados e seus familiares, empresários, gestores de órgãos municipais, estaduais e federais, representantes de instituições de ensino, religiosas e literárias, e representantes da sociedade civil.

Dentre os presentes, que compuseram a mesa de honra, estavam a primeira-dama do Estado e coordenadora Estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Ceid), Rejane Dias; o vice-governador Wilson Martins; o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Themístocles Filho; o senador João Vicente Claudino, os deputados federais Ciro Nogueira e Frank Aguiar; o subchefe de Assuntos Federativos da Presidência da República, Alexandre Rocha Santos Padilha; e o prefeito de Palmas (TO), Raul Filho. O vice-prefeito de Teresina, Elmano Ferrer, representou o prefeito Sílvio Mendes. Também participou o presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), prefeito Luís Coelho.

Leitura de decreto

A execução dos hinos Nacional e do Piauí foi feita pelo grupo piauiense Octeto, seguido da exibição de vídeo institucional “Piauí, um Estado que orgulha a todos nós”. A cerimônia de entrega das insígnias começou com a leitura de decreto que admite na Ordem Estadual do Mérito Renascença as 42 personalidades agraciadas.

A Ordem Estadual do Mérito Renascença do Piauí foi oferecida nos graus Cavaleiro, homenageando quatro personalidades; Oficial, agraciando 17 pessoas, Comendador (16) e Grã-Cruz (cinco). A insígnia foi instituída em 31 de março de 1973, contemplando personalidades e entidades nacionais e estrangeiras que, por relevantes serviços prestados ao Piauí, tenham se tornado dignas da gratidão, da admiração e do reconhecimento do povo e do Governo piauienses.

Governadores homenageados

Os governadores Jacques Wagner, Cid Gomes e Marcelo Miranda, além do senador João Vicente Claudino e do deputado federal Ciro Nogueira, foram homenageados com o grau Grã-Cruz.

Após receber o diploma e a insígnia, o governador Marcelo Miranda fez um discurso no qual lembrou que o Piauí cedeu muitos dos pioneiros que fundaram cidades no Estado do Tocantins. “O Piauí nos cedeu Moisés Avelino, que foi nosso governador e hoje é deputado federal por nosso Estado”, disse. “O Tocantins tem muito a  agradecer  ao Piauí, Estado que tem se revelado por mostrar o alcance social do biodiesel”, destacou.

O governador do Ceará, Cid Gomes, disse que seu Estado e o Piauí têm, na sua agenda comum, a solução para o litígio de divisa entre os dois Estados. Ao falar sobre a parceria que envolve também o Maranhão, para desenvolver o turismo no norte dos três estados, Gomes lembrou que, quando adolescente, passava férias no Litoral do Piauí e disse estar certo de que os turistas se maravilham com o roteiro. Disse também que todos os governadores nordestinos devem estar juntos, “para sermos vistos de forma diferenciada pelo Governo Federal”.

Para o governador Jacques Wagner, da Bahia, a homenagem com a Ordem Estadual do Mérito Renascença “toca o coração” por dois motivos. Primeiro, por ser de fundamental importância que os piauienses cultivem seus heróis construtores da independência do Brasil. Depois, pelo que o Governo do Piauí vem fazendo nos últimos cinco anos para desenvolver o Estado e para elevar a auto-estima dos piauienses.

Ele acrescentou trabalhar para que a Bahia alcance o mesmo objetivo e disse que os nove governadores nordestinos estão unidos para que a região se desenvolva. Depois, chamou atenção para algo que, talvez, os piauienses não saibam: “Devo parte de minha eleição ao Governo da Bahia ao governador Wellington Dias”, afirmou. “Defendi os interesses do Piauí quando era ministro das Relações Institucionais”, lembrou.

Piauienses orgulhosos de sua história

Depois de assinar decreto que declara o dia 22 de janeiro de 1823 como data alusiva à adesão de Piracuruca à independência do Brasil, o governador Wellington Dias fez um discurso lembrando que a comemoração do Dia do Piauí tem como objetivo fazer com que os piauienses se orgulhem de sua história.

Dias afirmou que o Brasil precisa reescrever sua história, uma vez que “a independência do país não foi declarada apenas em Ipiranga (São Paulo)”. Depois, justificou entrega da insígnia, ao afirmar que “o Dia do Piauí é uma oportunidade para homenagearmos homens e mulheres das mais diferentes áreas, daqui e de outros estados, que colaboraram para o desenvolvimento do Piauí”.

Após os discursos, a solenidade chegou ao fim. Os presentes se dirigiram ao Salão Branco do Palácio de Karnak, onde o jornalista piauiense Chico Castro promovia noite de autógrafos no lançamento do livro A Coluna Prestes no Piauí, de sua autoria. Em seguida, o governador Wellington Dias levou seus convidados para a exposição Bordados da Caatinga, com peças produzidas por mulheres artesãs de Dom Inocêncio.



Imprimir esta página Enviar matéria


COMUNICAÇÃO
Coordenadoria de Comunicação Social - CNPJ - 05.810.478/0001-09
Praça Marechal Deodoro da Fonseca, 774 - Centro - CEP 64.000-160 - Teresina - Piauí Telefone: 86 2107 3313

Programação e Hospedagem: ATI - Agência de Tecnologia da Informação do Estado do Piauí