Piauí Terra Querida

Animação feita em flash

 
Domingo, 16 de junho de 2019
Tamanho da Letra
RSS
 
Profuncionário valoriza servidores da Educação
05/10/2007 10:44
por Redação CCom

O Piauí, através da Secretaria da Educação e Cultura (Seduc), tem obtido avanços na educação nos últimos anos. No que se refere à qualidade, pode-se afirmar que houve uma melhora significativa. “Quando você demonstra interesse e boa vontade, realiza tarefas lindas”, essa é uma frase da coordenadora executiva do Profuncionário do Estado, Selma Costa, referindo-se ao programa executado pela Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), em parceria com o Governo do Estado através da Seduc, Undime.

O Profuncionário é um programa de cursos de educação a distância, em nível médio, voltado para os trabalhadores que exercem funções administrativas nas escolas das redes públicas estaduais e municipais de educação básica. O objetivo é promover a habilitação profissional dos servidores, visando ao resgate da auto-estima do profissional da educação por meio de sua qualificação profissional.

O programa começou no Piauí em agosto de 2006, oferecendo aos servidores os cursos de Infra-estrutura e Meio Ambiente (para vigias e auxiliares de serviços gerais), Gestão Escolar (destinado aos auxiliares de secretaria), Multimeios didáticos (para auxiliares de bibliotecas e de laboratórios) e Alimentação Escolar (para as merendeiras).

A experiência está sendo realizada em cinco estados brasileiros entre eles o Piauí. Nesta primeira edição foram contemplados 1.600 servidores da rede estadual.

Como o programa está obtendo bons resultados, o MEC disponibilizando em agosto deste ano, 600 vagas para o Estado. Selma Costa, explicou que a proposta da Seduc é ampliar o programa para todas as Diretorias Regionais de Ensino.

O curso de formação técnica tem duração de um ano e seis meses, atingindo uma carga horária de 1.260 horas. Os alunos discutem assuntos como conselhos escolares, regimentos, projeto político pedagógico, abordagens filosóficas da educação, informática básica, produção textual, gestão escolar, entre outros. “Os cursos do Profuncionário são realizados a distância com encontros presenciais, são dois encontros mensais de 6 horas, sempre de 7h30 às 13h30, cada”, disse Selma Costa.

Para a criação do Profuncionário, o MEC homologou em 26 de dezembro de 2005, parecer do Conselho Nacional de Educação, que criou a Área Profissional 21, de Serviços de Apoio à Escola, reconhecendo oficialmente que servidores da escola são educadores, tendo como referência o contexto de trabalho.

No Piauí, em 2006, o programa atendeu os municípios de Teresina, Parnaíba, Picos e Floriano. Agora, o Profuncionário se estendeu aos técnicos das cidades de Oeiras, Valença, Barras, Piripiri e Regeneração.

Por Michele Furtado



Imprimir esta página Enviar matéria

Outras Notícias do Dia

COMUNICAÇÃO
Coordenadoria de Comunicação Social - CNPJ - 05.810.478/0001-09
Praça Marechal Deodoro da Fonseca, 774 - Centro - CEP 64.000-160 - Teresina - Piauí Telefone: 86 2107 3313

Programação e Hospedagem: ATI - Agência de Tecnologia da Informação do Estado do Piauí